Hospital Municipal Dr Carmino Caricchio

Hospital do Tatuapé

Hospital Municipal do Tatuapé oferece atendimento humanizado de alta complexidade na assistência hospitalar, valorizando o ensino e a pesquisa.

O Hospital é reconhecido como centro hospitalar de excelência e referência em alta complexidade e aprimoramento no ensino e pesquisa como modelo da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

Hospital Municipal Dr. Cármino Caricchio – Tatuapé
End.: Avenida Celso Garcia nº4815 – Tatuapé – CEP 03063-000
Diretor: José Carlos Ingrund
Telefone: (11) 3394-6980 (PABX)


Ver mapa maior

Saúde Serviços , ,

Publicidade

Listagem relacionados

34 Comentários

  1. Roosevelt, 3 anos em

    Péssimo atendimento por telefone,fiquei quase uma hora tentando buscar informações sobre minha esposa internada,a atendente passa a ligação ninguém atendia até voltar pra ela de novo é o cúmulo.

       -   Responder
    • Adriano, 3 anos em

      Minha mãe acaba de morrer lá, e a causa mortis, que não consta no óbito, é negligência, descaso e abandono. O atendimento foi um descaso que me fará ir até às últimas consequências, processarei o município e a quem mais competir. Não sei porque me deixei convencer pelo médico responsável, que me pareceu ser o diretor (não usa trajes comuns dos profissionais de medicina), que minha mãe estaria em boas mãos e que o melhor seria mantê-la neste hospital mesmo, onde seria muito bem assistida por profissionais competentes. Nada mais importa agora porque ela se foi, me restará para sempre na lembrança sua despedida e sua vontade de não ir à cirurgia, que, ressalte-se, lhe levou à parada cardíaca na anestesia, mas o descaso a partir daí foi escandaloso. Se arrependimento matasse, eu já estaria na cova, porque minha paciência com o que vi na última quarta-feira, 09/04/2014, um dia antes de minha mãe falecer, não condiz absolutamente com o que vi, que justificaria que saísse da sala e derrubasse o balcão dos médicos a pontapés exigindo que a retirassem dali imediatamente. Deveria ter chamado a polícia, a imprensa e tudo o mais, mas nós, leigos na matéria médica, tendemos sempre, mesmo diante de sinais tão claros assim, a dar atenção ao que os médicos nos falam. Maldita hora em que fui dar ouvidos a esse blá blá blá, o atendimento público da saúda é um descalabro escandaloso que justifica todos os protestos, vandalismos e o que mais vier. Desgraçados são todos os envolvidos, a administração pública, os diretores do hospital e alguns profissionais que lá estão. Ao inferno com todos eles.

         -   Responder
    • Erika Nemes, 9 mêss em

      Péssimo atendimento mesmo, meu marido deu entrada com fortes dores no tórax e vomitando muito, o ” médico” nem olhou na cara do meu marido, nem pediu exame algum, já encaminhou pro soro, resultado, meu marido morreu na minha frente, o que ele tinha ? dissecção de aorta, o caso dele exigia cirurgia de emergência !!! BANDO DE ASSASSINOS

         -   Responder
    • Sallyeggo, 3 mêss em

      Por telefone não é possível Sr, somente pessoalmente , nos horários estabelecidos para informações aos familiares . Por telefone é proibido por lei.

         -   Responder
  2. Rosangela, 3 anos em

    Em contestação ao comentário acima, estou com meu pai internado a mais de 20 dias e reconheço que por ser um hospital de ordem pública, corresponde de forma positiva em meio aos termos que compreende ao contexto ético em todos os departamentos, apesar da demanda em busca de atendimento médico ser muito grande, antes os pacientes aguardam aos termos de avaliação médica compondo exames clínicos e de imagem se necessários, neste período considerado por mim mais exaustivo porém necessário, pois trata-se de um pré atendimento em departamentos como extensão da emergência, é mais cheio e continuo de pessoal, os funcionários oferecem sim atendimento humanizado, são comprometidos em buscar a melhor solução a fim de trazer o conforto embora haja a simplicidade de um hospital público, os médicos são presentes e interessados. Em seus 10 andares de acomodação, existe várias clínicas médicas específicas e respectivamente cada clínica com sua equipe de competência. Aos pacientes internados observei a constante presença de nutricionistas para avaliação diária dos pacientes, alimentação de acordo e muito bem servida, aos acompanhantes o acesso junto ao refeitório onde presenciei médicos servindo-se do mesmo alimento, a limpeza e a segurança também estão de acordo com as exigências do know-hall hospitalar em complexidade com todo seu conhecimento processual.

    Como cidadã de bem, compreendo que as falhas existem, é revoltante, inadmissível, porém foge do nosso alcance a solução, sabemos que em motivo do próprio sistema externo denominado pela política e a legislação brasileira, dependemos da iniciativa e da sensibilidade dos nossos governantes que poderiam melhorar o quadro dos hospitais públicos , em torno da administração e dispendiosidade nas finanças, onde a calamidade é nitidamente apresentada não somente dos que dependem do atendimento médico público bem como oferecer melhores condições aos profissionais que fazem sua parte desde o juramento em salvar vidas.

    Que neste ano que se aproxima, saibamos compreender que é preciso mudar, devemos nos atentar a quem permitiremos lutar por nossos direitos e votar conscientemente.

       -   Responder
    • Adriano, 3 anos em

      Se não posso afirmar que o hospital é uma porcaria porque minha mãe lá faleceu, avaliar o atendimento porque fomos bem atendidos, sem avaliar o quadro geral, é afundar no simplismo mais puro. Srta. Rosângela (comentário acima), a srta. afirma que as falhas existem que é revoltante e inadmissível, mas que foge do nosso alcance a solução pq dependemos da iniciativa e da sensibilidade dos nossos governantes […]. Mas, pela madrugada, me desculpe…do que acha que estou reclamando senão desses canalhas? Se vc acredita mesmo nesse blábláblá de que tudo se resolve se votarmos conscientemente, siga em frente. De minha parte, digo que se engana profundamente. Há quanto tempo acha que tem gente que pensa que devemos votar conscientemente? E porque será que nunca acertamos? O problema é que o processo eleitoral é um jogo de cartas marcadas, nada irá mudar. Vc escolhe em quem votar, correto? Mas se perguntou pq nunca pode ou nunca consegue escolher os candidatos que disputarão a vaga? Nunca se perguntou pq a legislação favorece esse tipo de situação? Não consegue pensar que ela existe para manter uma determinada situação? Que nessa situação a ser mantida (e mantida) consta o fato de que não se deve respeitar a constituição, que garante saúde pública de qualidade a todos, mas manter uma condição tal que possibilite a cada período eleitoral que os velhos candidatos prometam sempre melhorar a saúde pública? Que a qualidade dessa mesma saúde pública é garantida pela constituição, e assim obrigação, e não depende de promessas? Enfim…devo dizer que estive no hospital diversas vezes para conversar com os médicos responsáveis e acabei por conseguir, graças unicamente a minha obstinação e insistência, e, apesar das falhas que vi, talvez tenham me convencido de que o problema de minha mãe não tinha como tratar e trazê-la de volta, apesar de me omitirem essa informação até o fim e só me darem por minha insistência (fato que me trás novamente a desconfiança). Mas não disse em meu primeiro comentário que, ao exigir o prontuário, tiveram a cara-de-pau de me negarem o mesmo, direito garantido pela lei competente. Quer dizer, cometem um crime ao negar o prontuário, já que o acesso ao mesmo é garantido e determinado por lei. O idiota que me negou, dr. Roberto, do Same Jurídico, teve a desfaçatez de me apresentar, no lugar do que ele chamou de “portaria tal e tal”, uma norma de conduta ética interna e corporativa do CFM (Conselho Federal de Medicina), imaginando, em sua inocência, que tal documento passaria, para mim, como artigo de lei deferal…é um infeliz, antiético e burro. Só conseguiu se aborrecer, porque fui à polícia, voltei e, como num passe de mágica, deram entrada em minha requisição do prontuário. Quer dizer, no fundo sabem que cometem um crime ao nega-lo, mas as pessoas não sabem e engolem qualquer porcaria que dizem. Perguntei porque me haviam negado e me informaram que o CFM persegue e pratica represálias a quem não obedece tal determinação (interna, que nada tem a ver com a lei federal). Quer dizer, o CFM é um órgão definitivamente…me escapa a palavra adequada. Minha mãe se foi, nada a trará de volta, a não ser minhas lembranças, meu amor e minha saudade.

         -   Responder
      • Marina, 3 anos em

        Prezado Adriano, li suas duas respostas e é de pessoas assim que o Brasil precisa. Pessoas como você, incisivas, que questionam, investigam, exigem seus direitos, mas isso só é possível para pessoas esclarecidas, com algum conhecimento legal das leis, e o cidadão comum, como sabemos, não tem esse conhecimento. Assim, fazem o que querem com a população. E a mesma ainda pensando em votar direito. Novamente, e novamente! E tudo fica igual, ou pior que antes. Votar em quem, pergunto eu? NInguém, dos que aí estão me representa. Desse vez, pela primeira vez em toda minha vida de cidadã, não votarei. Simplesmente não passarei perto de um colégio eleitoral. Faço questão de pagar depois a multa de 3,00, mas votar eu não voto. Não acredito no sistema da urna eletrônica brasileira (fato exposto ao Senado por professor da UnB que conduziu as verificações no sistema das urnas), mas foi tratado com descaso pelos senadores. A maracutaia existe e o nosso voto é apenas um mero protocolo, pois os eleitos já estão escolhidos antes do início das eleições. É duro, mas infelizmente esse é o Brasil!

           -   Responder
        • Adriano, 3 anos em

          Prezada Marina, assim como você, também não terão meu voto, já não têm há anos, neste não será diferente. Iniciei a faculdade este ano e precisei regularizar minha situação eleitoral, já que há anos sequer saio de casa para votar. Paguei uma multa de R$ 14,00 e tudo foi resolvido. Mas…quiséramos nós, Marina, que a consciência de pessoas como você fosse um bem universal. Mas quem sabe um dia seja…até…

             -   Responder
  3. roseane maria ferreira, 3 anos em

    apesar da demanda eu precisei do atendimento do hospital para minha filha que quebrou o braço e fui muito bem atendida com muita eficiência e etica estou grata com agilidade do atendimento hoje minha filha estar com o braço normal graças a fisioterapia que foi bem feita e com capricho

       -   Responder
  4. vitima ps, 3 anos em

    sofri uma queda da moto em 2011 fui levada p ps tatuape fizeram uma cirugia e deu errado meu pe ficou torto 2 medicos e p falta d material…abortaram logo em seguida e depois fizeram ms 5cirugias resultad estou sem andar ate hj

       -   Responder
  5. lucinei, 3 anos em

    essa porcaria de hospital tem uma os piores atendimento minha mãe faleceu la deixei ela bem depois de 3 dias faleceu a saude publica cada dia ta pior se voce reclama na televisão sempre tem um que diga vamos melhora a uti é pessima meu deus temos que nos unir e proscessar essa porcaria ningue responde

       -   Responder
  6. lucinei, 3 anos em

    essa porcaria de hospital tem uma os piores atendimento minha mãe faleceu la deixei ela bem depois de 3 dias faleceu a saude publica cada dia ta pior se voce reclama na televisão sempre tem um que diga vamos melhora a uti é pessima meu deus temos que nos unir e proscessar essa porcaria ningue responde agardo resposta

       -   Responder
  7. Nilda Gomes de Almeida Rocha, 3 anos em

    Faço tratamento em minha filha desde 2010. Ela nasceu com o pé direito torto e usou gesso dos 21 dias de vida até os nove meses,com sete meses fez cirúrgia e usa bota até hoje. Este mês ela terá alta, e graças a Deus e a equipe do doutor Tak, o pezinho dela está perfeito. Sei que não é fácil, fui em todas as semanas e olha que era toda semana pra trocar o gesso de minha filha, e eu chegava as 11:00 horas,pois eram e ainda é muitas mães e eu queria sair mais cedo do hospital, pois moro em Bertioga e o mais cedo que eu conseguia sair era 17 ou 18 horas, e no início minha filha era um bebê recém nascido,não foi fácil, porém o que o chefe da equipe disse que faria fizeram, e hoje passados quatro anos minha filha está com o pé perfeito. Fizeram um excelente trabalho,foram grandes profissionais no meu caso. E olha que eu tinha convênio com a Amil e eles não fizeram nada, fui encontrar tratamento no Hospital do Tatuapé, pois é assim que as pessoas o conhecem. Só tenho a agradecer.

       -   Responder
  8. miguel mi, 2 anos em

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

       -   Responder
  9. Wagner, 2 anos em

    Esse hospital é um lixo, fede, reze para não para lá em uma emergência, minha mãe faleceu neste lixo e o cagão do médico responsável saiu para almoçar sem assinar o laudo, como ele não retornou uma médica que nem participou do processo teve que assinar por ele. Põe o Haddad para ser atendido nesse PS escroto

       -   Responder
  10. SILAS ALMEIDA BATISTA DOS SANTOS, 2 anos em

    SOU SILAS ALMEIDA BATISTA DOS SANTOS: NASCIDO NESTE HOSPITAL EM 03/07/1974 AS 10:10 Hr- CN: A163.LV.273.FL.191012 – RG: 22.962.914-3 – MORADOR NA RUA VICENTE GARCIA, 34 – VILA NANCI – GUAIANASES – CEP: 08440-060 – SP – BRASIL – TEL: 2513-7453.

    QUERO SOLICITAR CONFIRMAÇÃO DE REGISTRO NATURAL: NATURALIDADE: REGISTRO CIVIL: SOLICITO ENVIO DE INFORME ESCRITO DE CONFIRMAÇÃO. PARA CONFIRMAÇÃO DE IDENTIDADE: IDENTIFICAÇÃO

       -   Responder
  11. Zaíra, 2 anos em

    Minha mãe, idosa, acaba de ser maltratada e humilhada neste hospital por uma funcionária, é assim que este hospital se refere a tratamento humanizado? se nem funcionario qualificado para um simples atendimento administrativo. Isso não vai ficar assim, pois se não tomarmos providencias essa funcionaria vai continuar a maltratar outras pessoas, não podemos aceitar isso.

       -   Responder
  12. Célia Maria de Oliveira Cavalcante, 2 anos em

    Desabafo:
    Há uns três anos talvez, fui ao pronto socorro tatuapé, porque havia comido algo que me fez mal. Ao ser atendida por uma enfermeira?!? Ela me disse que não era lá, mas eu estava vomitando, e quase desmaiando, e acabei vomitando na sala, ela me disse que saísse de lá, que fosse no ama, me colocou para fora da sala. Fiquei na recepção vomitando e até evacuei na roupa, foi quando comcei gritar pelo nome de Jesus, então apareceu uma voluntária que era crente, e me socorreu, me levou no setor aonde estava o médico, que mesmo sem me examinar passou as injeções, me pressão caiu para 4×2.
    Essa voluntária me colocou numa cadeira de rodas me levou ao banheiro, me deu um banho, e me trouxe roupas limpas. Ficou me acompanhando até as 7 horas da noite, na troca de plantão.
    Daí começou o meu suplício, porque eu precisava toda hora ir ao banheiro e tinha que me locomover sozinha na cadeira de rodas, já que minha pressão estava baixa demais.
    Veio uma outra voluntária e mandou que eu desocupasse a cadeira de rodas para outra paciente, sendo que eu não conseguia ficar em pé, eu disse que não aguentava, ela me tratou com rispidez.
    Após isso fiquei lá sem ser atendida por ninguém a médica que entrou e plantão não me atendeu, todo mundo ia chegando sendo atendido, menos eu, eu a chamava, chamava os enfermeiros e nada, até meia-noite foi isso. Foi quando minha filha foi me buscar. e foi falar com a médica e esta sem me examinar entregou uns papeis nas mãos da minha filha, não se aproximou de mim nenhuma vez, não me chamou, quando eu pedia ajuda, ela fingia que n/ão ouvia, assim ela como todos os enfermeiros.
    Por fim mandaram que eu entrasse em uma sala e ficasse lá, então uma paciente que queria a cadeira de roda começou a gritar e chamar o segurança para me tirar de lá. Essa era a paciente que estava sendo conduzida pela outra voluntária que mandava eu sair da cadeira de rodas.
    lá por volta de uma hora da madrugada eu saí de lá, essa tal médica nem olhou na minha cara, não me chamou na sala, simplesmente falou com minha filha e deu uma receita.
    UM absurdo, eu fiquei tão traumatizada que não tive coragem de voltar lá para reclamar, tão feia como atitude da médica era o nome dela, não sei se era Josefina, ou Sebastiana, algo assim parecido. Não desfazendo do nome, mas fiquei tão traumatizada, com esse absurdo. Esse é o País chamado Brasil.

       -   Responder
  13. Célia Maria de Oliveira Cavalcante, 2 anos em

    Desabafo:
    Há uns três anos talvez, fui ao pronto socorro tatuapé, porque havia comido algo que me fez mal. Ao ser atendida por uma enfermeira?!? Ela me disse que não era lá, mas eu estava vomitando, e quase desmaiando, ela me disse que saísse de lá, que fosse no ama, me colocou para fora da sala. Fiquei na recepção vomitando e até evacuei na roupa, foi quando comecei a gritar pelo nome de Jesus, então apareceu uma voluntária que era crente, e me socorreu, me levou no setor aonde estava o médico, que mesmo sem me examinar passou as injeções, minha pressão caiu para 4×2.
    Essa voluntária me colocou numa cadeira de rodas me levou ao banheiro, me deu um banho, e me trouxe roupas limpas. Ficou me acompanhando até as 7 horas da noite, na troca de plantão.
    Daí começou o meu suplício, porque eu precisava toda hora ir ao banheiro e tinha que me locomover sozinha na cadeira de rodas, já que minha pressão estava baixa demais.
    Veio uma outra voluntária e mandou que eu desocupasse a cadeira de rodas para outra paciente, sendo que eu não conseguia ficar em pé, eu disse que não aguentava, ela me tratou com rispidez.
    Após isso fiquei lá sem ser atendida por ninguém a médica que entrou de plantão não me atendeu, todo mundo ia chegando sendo atendido, menos eu, mesmo chamando-a, pedia ajuda aos enfermeiros e nada, até meia-noite foi isso. Foi quando minha filha foi me buscar. e foi falar com a médica e esta sem me examinar entregou uns papeis nas mãos da minha filha, não se aproximou de mim nenhuma vez, não me chamou, quando eu pedia ajuda, ela fingia que n/ão ouvia, assim ela como todos os enfermeiros.
    Por fim mandaram que eu entrasse em uma sala e ficasse lá, então uma paciente que queria a cadeira de roda começou a gritar e chamar o segurança para me tirar de lá. Essa era a paciente que estava sendo conduzida pela outra voluntária que me mandava desocupar a cadeira de rodas.
    lá por volta de uma hora da madrugada eu saí de lá, essa tal médica nem olhou na minha cara, não me chamou na sala, simplesmente falou com minha filha e deu uma receita.
    UM absurdo, eu fiquei tão traumatizada que não tive coragem de voltar lá para reclamar, tão feia como atitude da médica era o nome dela, não sei se era Josefina, ou Sebastiana, algo assim parecido. Não desfazendo do nome, mas fiquei tão traumatizada, com esse absurdo. Esse é o País chamado Brasil.

       -   Responder
  14. Jamille, 2 anos em

    Meu cunhado esta internado neste hospital, desde 30 de dezembro de 2014 com meningite bacteriana, uma doença contagiosa, mas que os médicos tem medo de falar abertamente, nos primeiros dias ele ficou vagando pelos corredores do hospital, sem nenhum isolamento junto a vários outros pacientes.
    Hoje ele encontra- se num quarto de isolamento, mas não conseguimos falar com os médicos para saber qual a situação real do paciente, pois o medico passa apenas uma hora da manhã para falar com o paciente e a visita acontece das 11:00 hs as 12:30hs então pergunto como teremos posição sobre a real situação do paciente? enfermeiras e auxiliares entram com medo dentro do quarto e não podem passar qualquer tipo de informação.
    Nos parentes precisamos de esclarecimentos sobre sintomas e quais precauções tomar caso sinta algum sintoma ou mesmo se existe uma vacina grátis que possamos toma.

    Tudo que sabemos sobre a doença é o que pesquisamos na internet; então se vc esteve ou conhece alguém que esteve no pronto socorro do Tatuapé no período de 30/12/14 a 04/01/15 e apresentar estes sintomas procure um médico urgente:
    Sintomas meningite bacteriana:os mais característicos são febre alta, mal-estar, vômitos, dor de cabeça e no pescoço, dificuldade para encostar o queixo no peito e, às vezes, manchas vermelhas pelo corpo, sinal de que a infecção está se alastrando rapidamente.

       -   Responder
  15. Francisco do S. Batista, 2 anos em

    Rompi o ligamento do joelho esquerdo em 2005. Em 2013 tirei a ressonancia magnética. Procurei atendimento em quase todo o estado de São Paulo e nao encontrei. Foi quando procurei atendimento no hospital municipal do Tatuapé Cármino Caricchio. Fui muito bem antendido no setor de traumatologia. Agora em 2015 saiu minha cirurgia, que ocorreu tudo bem graças a Deus. Agradeço de coração ao doutor Daphnes, que fiquei sabendo, é um dos melhores cirurgiao de joelho do Brasil.
    GENTE, existem sim medicos ruins, “que à guisa de esclarecimento, maus profissionais existem em todas as profissão (advogados, pedreiros etc…)”. O que não podemos fazer É jugar toda uma categoria por um ou dois profissionais. Fui muito bem atendido, estou fazendo acompanhamento pos operatório e muito satisfeito.

       -   Responder
  16. maria ines de freitas câmara, 2 anos em

    minha mãe dna regina fidelis de jesus foi internada no hospital tatuapé há mais de 1 semana todos os dias ela teve acompanhante mas o que se pode perceber é que o atendimento é péssimo conclusão ela faleceu na madrugada de terça para quarta deixaram ela com sonda oxigenio sem nenhum cuidado sendo que era necessário que alguém o o tivesse ou seja os funcionário agora ela faleceu estamos até agora esperando que a funerária leve o corpo do hospital tatuapé para o hospital das clínicas para fazer a autópsia porque no hospital omde ela esteve internada por mais de 1 semana não sabe a causa mortes não há como não entender que ouve algum erro há que se ter um processo alguém tem que responder pois deixam a família sem resposta onde está a dignidade do morto e dos parentes? podem nos enganar mas a Deus não .

       -   Responder
    • admin, 2 anos em

      Olá Maria Ines, sinto muito a perde de sua mãe Dona Regina Fidelis de Jesus.

      Em nome do Procura Tatuapé, venho por meio desta mensagem expor todo nosso sentimento pela perda recente. Quero que saiba que estamos aqui para ajudá-la no que for necessário. Que Deus ilumine e console a vida de vocês!

         -   Responder
  17. Miriã, 2 anos em

    O atendimento telefônico é péssimo DO HOSPITAL DO TATUAPÉ, pois a atendente já atende o telefone gritando….não é capaz de dar um bom dia….boa tarde……
    Ai eu perguntei vc pode me direcionar para um setor especifico…..nãooo eu não tenho os ramais…..quem tem então????? se a própria telefonista não tem…..
    É um ABSURDO, AINDA TEMOS QUE CONVIVER COM PESSOAS TÃO DESPREPARADAS COMO ESTAS….TRABALHANDO EM UM HOSPITAL……

       -   Responder
  18. amilton rodrigues torres junior, 2 anos em

    hospital muinto bom ,funcionarios atenciosos,nos de fora achamos que estes funcionarios como medicos ,enfermeiros e atendentes nao fazem nada e sao todos maus educados, mas muinto pelo contrario!!!!!!! meu irmao sofreu um acidente de moto e foi muito bem atendido estas equipes trabalhao muinto ,mas muinto mesmo ontem estava na porta do centro cirurgico meu irmao fez uma cirurgia gente esses enfermeiros ,medicos ,auxiliares vao de um lado a outro sempre sorrindo e atendendo com muinta gentileza o bira sempre passando alegrando o pessoal sou grato a todos
    equipe doutor daphinis.equipe doutor donoso ,bira enfim nao me lembro do nome de todos mas da faxineira a diretoria um abraço a todos e que deus os ilumine!

       -   Responder
  19. Maria, 1 ano em

    Estive no hospital,visitando um amigo ,quando cheguei fiquei transtornada com o abandono de vários idosos deitados nas macas em pleno corredor e com o DESRESPEITO com os pacientes e os familiares Onde ja seviu profissionais abandonarem os pacientes no sábado, domingo e segunda,se fosse parentes dos funcionários eles os trataria bem,mas já que não são seus parentes os tratam de qualquer jeito.

       -   Responder
  20. daniela, 1 ano em

    estou no hospital tatuape com minha cunhada pq a filha dela estava comigo em casa brincando com minha filha em questao de minutos a crianca cai no chao e rasga a testa acima da sombrancelha ela tem 9anos chegando la dois segurancas interrompeu a minha entrada e a da minha cunhada dizendo que so podia entrar um acompanhante porque estava cheio “detalhes”e dai que estava cheio o hospital e publico nao e? fica a questao eles estao certos ou eu que estou errada mesmo assim aguardei do lado de fora quero uma resposta dos responsaveis.

       -   Responder
    • BETO SANTOS, 1 ano em

      Prezado Prefeito Haddad

      Lamentável a sua equipe na área de saúde.
      Excelentíssimo Prefeito Haddad, sinceramente o senhor está rodeado de pessoas incompetentes e que trabalham, conspiram e depõem contra o senhor.
      Como pode uma instituição e hospital tão grande e conhecido como o hospital e pronto socorro do TATUAPÉ não ter médicos pra atender. E veja bem, Prefeito Haddad que não se trata de um hospital no fundão da zona leste. Esse hospital fica bem ao lado do Metrô Carrão e Tatuapé. ESTÃO CONSPIRANDO CONTRA SEU TRABALHO COMO ADMINISTRADOR… ESTÃO DEPONDO CONTRA A SUA ATUAÇÃO COMO ADMINISTRADOR PÚBLICO. Lamentável que o Senhor prefeito Fernando Haddad tem um time de pessoas em sua equipe, que depõe contra o seu trabalho. A equipe de trabalho do Prefeito Haddad está trabalhando contra sua administração. UMA PESSOA FOI ATÉ O HOSPITAL MUNICIPAL DO TATUAPÉ, SENTINDO DORES ABDOMINAIS FORTES E VOMITANDO DIRETO. E NA RECEPÇÃO FOI INFORMADO QUE O TEMPO DE ESPERA SERÁ DE CINCO HORAS. ABSURDO… CINCO HORAS??? NESSE HOSPITAL, ESTÃO TRATANDO GENTE COMO SE FOSSEM ANIMAIS… MAS PREFEITO HADDAD, ESTÃO TRATANDO GENTE QUE VOTA COMO ANIMAIS. AVISE AOS SEUS COLABORADORES QUE ESTÃO DEPONDO CONTRA A SUA REELEIÇÃO… ESTÃO DEPONDO CONTRA OS SEUS VOTOS.
      LAMENTÁVEL…

         -   Responder
  21. Tatiana Azevedo Pereira, 1 ano em

    simplismente uma merda . minha sobrinha esta indo nesse hospital desde ontem , suspeita de dengue e ela esta gravida fez exames , esperou mais de quatro horas p pegar , não consiguiu , teve que voltar hoje , e perdera os exames dela , teve que fazer outro , e nao sendo o bastante o erro deles queriam que ela abrisse a ficha novamente com aquele inferno lotado e ela ruim … aonde vamos parar . Lamentavelllll

       -   Responder
  22. Iane soare, 1 ano em

    Dr carlos augusto trevisan atua nesse ama ..me indicaram gostaria de saber se ele atua ainda no bairro do tatuape Mto obrigado

       -   Responder
  23. tatiane soaiaes, 1 ano em

    Gostaria de sabee se o dr Carlo Augusto Trevisan atua nesse hospital como clinico geral atenciosamente …”

       -   Responder
  24. Dagmara, 1 ano em

    Gostaria de registrar minha reclamação sobre o atendimento que recebi hoje 10/07/2016 por volta das 12:00 nesse hospital. Estou gestante de 28 semanas e ao me dirigir a este hospital que até O presente momento sempre fui bem atendida me deparei com a suposta médica Silvana Graziella Natale crm 60288, informei a ela que estava com dores fortes parecidas com colicas ela me disse que teria que realizar um exame de toque pediu que subisse na maca e nem o papel para cobrir a mesma foi esticado, mesmo assim subi e o martírio começou, a Dra mesmo em meios aos meus gemidos de dor me examinou bruscamente e grosseiramente totalmente indiferente. Perguntei se não iria ouvir minha bebê ela disse que o aparelho estava quebrado e se a bebe estivesse morta ela não estaria se mexendo (ressalto que a Sra medica nem tocou na minha barriga )me receitou buscopan composto na veia e me dispensou. Ela se virou para enfermeira perguntou se tinha mais alguém para ser atendido, que ela iria atender rapidamente pois iria almoçar . Embora o hospital seja publico eu pago o meus impostos e quero um atendimento digno, com profissionais que respeitem os seus pacientes. Não sei se vou parar por aqui pois sou um ser humano e exijo ser tratada como tal.

       -   Responder
  25. Jessica Santos, 6 mêss em

    Alguem ganhou bebe neste hospital para me informar se foi bem atendida?

       -   Responder

Coloque seu comentário


+ 7 = onze

Compartilhe

Verificação de segurança
captcha image

Enviar Consulta

Verificação de segurança
captcha image